• Ouça Ao Vivo:

São Paulo tem maior queda desde 2001 de furtos e roubos para abril

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou, nesta terça-feira (26), que o Estado teve “quedas históricas” no número de furtos e roubos para o mês de abril. Também houve redução nos casos de estupros e latrocínios durante este período de isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus.

De acordo com a SSP, os roubos a banco e extorsões mediante sequestro permaneceram estáveis.

Os furtos em geral reduziram 53,4% em abril de 2020, em relação ao mesmo período em 2019, uma diferença de 23.807 casos. Já os furtos de veículos tiveram os menores números desde 2001, apresentando um recuo de 49,3% em relação ao ano passado.

Os roubos caíram 30,4% em abril deste ano, com 14.468 ocorrências. No mesmo mês do ano passado foram registrados 20.780 casos, o que representa uma queda de 6.312 boletins de um ano para o outro, também o menor índice desde 2001. Os roubos de veículos apresentaram queda de 45,5% em relação a abril de 2019.

Roubos de carga também diminuíram 32,8%. Os de banco ficaram estáveis, tendo sido contabilizadas duas ocorrências de extorsão mediante sequestro, assim como no mesmo mês do ano passado.

As polícias efetuaram 10.769 prisões no Estado no mês de abril, e apreenderam 903 armas de fogo ilegais. Também foram registrados 3.410 flagrantes por tráfico de drogas.