• Ouça Ao Vivo:

Relator do STF cobra resposta da investigação da PGR contra Maia

O relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Edson Fachin, pediu ao procurador-geral da República, Augusto Aras, que se manifeste, com urgência, sobre se pretende denunciar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, ou solicitar o arquivamento de uma investigação em que ele e o pai, Cesar Maia, foram citados.

A informação foi revelada pela CNN Brasil.

Rodrigo e Cesar Maia apareceram como delatados por executivos da Odebrecht. Segundo os delatores, o nome do presidente da Câmara constava nas planilhas de propina como “Botafogo”.

A Polícia Federal concluiu, em 2019, a investigação aberta em 2017 e apontou indícios de que Maia e o pai cometeram crimes como corrupção passiva, falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro.