• Ouça Ao Vivo:

Região de Campinas tem ao menos 28 funcionários do Samu infectados pela Covid-19

Na linha de frente da pandemia do novo coronavírus, os profissionais de saúde que atendem no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), em Campinas e região estão entre os infectados pela doença. 

Desde o início da pandemia, dos 230 funcionários de Campinas, 11 foram contaminados. Dois foram curados e outros 9 continuam com a doença. Em Indaiatuba não há Samu, mas sim uma Central de Atendimento de Ambulância com 32 funcionários. Dois deles testaram positivo para a covid-19 e estão em isolamento domiciliar.  

Outra cidade da região que registrou casos entre os profissionais da saúde foi Sumaré, com 15 dos 88 funcionários infectados. Todos já estão curados e retornaram ao trabalho.  

Para evitar que o número aumente e preservar a saúde dos funcionários, o Samu tem adotado uma série de procedimentos para esterilizar todos os equipamentos e ambulâncias usadas pelos profissionais durante o atendimento.