• Ouça Ao Vivo:

Covid-19: com atraso, Paulínia retorna à fase vermelha

Com cinco dias de atraso, Paulínia confirmou que irá retornar, a partir desta sexta-feira (9), à fase vermelha do Plano São Paulo. A cidade não se pronunciou porque não cumpriu o decreto estadual desde a última segunda-feira (6).

Com a regressão à fase 1, somente os comércios essenciais poderão funcionar. Serviços e comércios não essenciais estão suspensos por 15 dias. O prazo poderá ser revisto conforme dados epidemiológicos da Secretaria Municipal de Saúde.  
 
A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional foi procurada e informou, através de nota oficial, que as prefeituras devem respeitar a determinação estadual.

"O município de Paulínia foi notificado para o cumprimento das diretrizes indicadas do Plano SP", disse.

Até a noite desta quinta-feira (9), Paulínia registrou 1.258 casos de coronavírus, sendo que 14 evoluíram para óbito. Além disso, 699 pessoas já foram curadas.