• Ouça Ao Vivo:

Campinas poderá flexibilizar a quarentena e reabrir comércio

O governo de São Paulo autorizou nesta quarta-feira (27/05) Campinas a flexibilizar a quarentena e retomar algumas atividades com controle a partir da próxima segunda-feira (1º de junho). Serão liberados funcionamento de imobiliárias, escritórios, concessionárias, comércio e shoppings – todos com restrições.

Permanece proibida a volta às atividades: bares e restaurantes, salões de beleza, academias, teatro e cinema, eventos (esportivos, culturais e religiosos). Estas atividades foram classificadas no plano do governo como necessidade de controle rígido.

Indústria e construção civil seguem em funcionamento.

Educação ficou de fora deste plano e deve ser anunciada a decisão nos próximos dias.

A mudança de fase será feita após um período de 14 dias.

Haverá restrições de horário e de funcionamento do comércio.

Decreto

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), deverá fazer um decreto autorizando a volta das atividades levando com base na redução sustentada dos casos de covid-19, isolamento social mínimo de 55%, redução de mortes e da ocupação de leitos de retaguarda e UTI para pacientes, com a doença número de mortes. Além disso, será necessário adesão ao protocola de testagem da covid-19 em massa e prefeitura deverá apresentar critérios fundamentados cientificamente para fazer a flexibilização.