• Ouça Ao Vivo:

Campinas planeja nova testagem em massa em moradores

A Prefeitura de Campinas planeja, a partir da próxima semana, refazer a testagem em massa em moradores da cidade para verificar como está avançando o novo coronavírus. O último inquérito sorológico, divulgado no fim de junho, indicou subnotificação de covid-19 e um total de 27 mil pessoas infectadas com o novo coronavírus. Na época, a cidade tinha 7.027 casos confirmados. Hoje, este número é de quase 12 mil.

Segundo o prefeito Jonas Donizette (PSB), a nova testagem em massa será semelhante a feita entre maio e junho, com moradores sorteados e os testes feitos nas residências dessas pessoas. A proposta, segundo a Administração, é poder fazer o comparativo entre os dois estudos e entender como está a subnotificação em Campinas.

No primeiro exame, 1.937 foram testadas para covid-19, sorteadas em todas as cinco regiões da cidade. Destas, 43 testaram positivo para o novo coronavírus. Com a projeção na população de 1,2 milhão de habitantes, segundo a Prefeitura, o número de infectados é de cerca de 27.087 campineiros infectados.

Os testes aplicados são do tipo rápidos e levam cerca de 15 minutos para darem o resultado positivo ou não para o coronavírus. Eles são feitos com uma picada no dedo para colher a amostra de sangue do paciente. Caso o morador dê positivo, os familiares também são testados.

Além disso, o morador sorteado também respondia um questionário sobre os hábitos de higiene durante a pandemia de covid-19. Com esses dados computados, por exemplo, foi descoberto que o uso de máscara de forma contínua protege em até cinco vezes mais contra a covid-19 comparado a quem não usa o equipamento de segurança.

Ainda nesta segunda-feira (13), Campinas chegou a 455 mortes confirmadas da nova doença e há ainda 605 casos suspeitos.